segunda-feira, 29 de junho de 2015

Isis Nascente


Eu faço o impossível para estar ao teu lado.
Eu faço o teu lado ser cada esquina,  ponto de encontro das nossa almas.
Todos os prazeres que cabem em mim serão o meu sacrifício, para que possas subir as nuvens sem perder o teu encanto de Isis.

Que suas asas se abram e eu possa repousar sobre a sua doce doce ilusão.
Que a sutilezas dos teu venenos me façam definhar de êxtase até o abençoado dia da minha morte.
Esse é o meu remédio teus encantos são a minha cura, teu olhar puro e malicioso é  o meu renascer .

Porque esses são os melhores momentos...  tua pele branca encosta o dourado dos raios do sol. Minhas cicatrizes tocam a leveza espectral da lua, perdidos na imensidão do azul o sol  e a lua namoram sobe os olhos  do inverno, enquanto um morre o outro nasce.

Sagrada morte eu te agradeço todos os dias por teres me tirado tudo o que eu tinha.
Porque assim aprendi que um homem sem  nada a perder não tem nada ganhar... Quem perde? quem ganha? essa ilusão nem mais me arranha, respeitando a morte aprendi a amar a vida.

Aprendi fazer da dor o amor, no amor pude fazer o prazer, do prazer aprendi a não negar a falta.
Quando ele me dilacera e arrasta em direção ao medo,no medo aprendi a extrair a ira, nela o julgo da sentença.Sentenciado  a eterna indiferença, eu não perdi a crença na fé da esperança. Apanhei do lixo o escudo da desconfiança!

Desconfiando de mim mesmo, desconfiei que não desistiria  de te encontrar...
Minha Isis nascente,minha, Maia vespertina,deusa do reino que escondi atras da minha falsa importância.
Minha Sacerdotisa, bruxa, feiticeira, como Orfeu eu fui  até o inferno para te procurar.

De lá  voltei sem você nem notar, meus feitos não te impressionaram, o teu coração eu não quis roubar...na  verdade eu não me permiti perder...

Mas lá no "Hades" Etrigan me presenteou com o segredo de Excalibur.  Depois de conseguir merecer o agora  portador da coragem  vai poder sussurrar as meias verdades...Que você insiste em querer ouvir para poder se permitir  apaixonar-se. E a paixão?  mentira que transforma a maior verdade de todas...


Anderson Daniel da Silva Ferreira.

29/06/2015










Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...