segunda-feira, 9 de março de 2009

o segundo poema:( olhar o topico anterior)


poesia de vida

uma metade
foi pra nunca mais voltar
sobre a sombra esquecida
de um sonho vulgar

jaz uma persona
um espectro de sodoma
um manto sem forma
sem cor
o ego em sua propia dor

por fim
de um profundo coma
despertar
saltar em busca de ar
nadar na direção da luz
e como uma semente
que rompe a terra
para abraçar a chama da vida
renascer!!!

ser carregado nos braços
de meu pai e minha mãe
que são um só
ser apresentado ao cosmos
e compreender que sua essência
contém a sabedoria
para toda vida florescer

essência que todo bebê
sabe intuitivamente
ser o alimento
mais imprescindível
tanto para o seu crescimento
quanto para o da vida
na sua forma
mais plena e universal

Um comentário:

Giovana Pozza disse...

muito lindo esse poema!
perfeito! *.*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...